REFLEXÃO SOBRE ESTUDO DO DIREITO

Estudar Direito hoje é bem mais difícil. Fico aqui imaginando o contorcionismo mental que deve ser, para aquele aluno de Direito Constitucional I ou II, compreender que as “clásulas pétreas” da Constituição, como as garantias fundamentais, podem sim hoje ser relativizadas - e sem ser através de ações do Poder Constituinte (que é quem faz a Constituição e a reforma), mas por decretos de pessoas pensando apenas no seu próprio bolso.

Que material de estudo aquele estudante usará, considerando que inexiste qualquer obra jurídica defendendo a relativização de cláusulas pétreas?

Quanto tempo levará para o estudante compreender que doravante, no Direito, os votos de pessoas pensando apenas em suas doutrinas pessoais suplantam toda a doutrina jurídica existente.

Após cursar toda faculdade de Direito, aprender os princípios basilares dos mais nobres pensadores antigos, valerá diante de tudo que é assistido hoje em dia dos novos "pensadores" do contorcionismo retórico?


13 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo