COMO A ALTA DE IMPOSTOS NO ESTADO DE SAO PAULO AFETARÁ TODO PAÍS

Na contramão do Governo Federal, São Paulo vem sendo palco de alta de impostos e restrições aos Paulistanos. Desta forma, o Governador João Dória, irá afetar todo o país pois em termos de produção, isoladamente, a soja é o principal grão produzido no estado. Por sua vez, o milho se torna o principal grão quando somadas a primeira e segunda safras.

Diferente do que havia anunciado a respeito da suspensão parcial do aumento do ICMS (Imposto sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços), conforme falado em 2020 o governador do estado de São Paulo, João Dória, aumentou a arrecadação tributária dos preços dos principais alimentos, em plena a pandemia.

De acordo com os cinco novos Decretos (65.469, 65.470, 65.471, 65.472 e 65.473), somente parte dos produtos hortifrutigranjeiros terão a isenção total do ICMS no estado. Os demais alimentos permanecerão com o impacto de aumento na alíquota, conforme o decreto assinado pelo Executivo Estadual, em outubro de 2020.Já o Decreto nº 65.452 elevará a tributação das carnes de 4,5% para 5,5% sobre a receita bruta, a partir do dia 1 de abril.Governo de São Paulo decreta alteração na alíquota de ICMS de queijos do tipo mussarela, prato e de minas a partir de 01/04/2021, passando de 13,30% para 18%.




25 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo